Que tal aumentar o aprendizado e a quantidade de atividade física infantil com apenas 15 minutos por dia?

Se você trabalha com aprendizado de crianças não pode deixar de ler esta matéria…

Anália R. Lopes

Título: Abordagem de sala de aula escalável, de baixo cuso, para promoção de atividade física em criança pré-escolar

Periódico: Journal of child obesity, 19 de setembro de 2017.

 

Este estudo examinou o impacto de interrupções curtas com atividade física em crianças pré-escolares. As hipóteses eram de que crianças pré-escolares recebendo três intervenções/momentos com atividades de cinco minutos por dia aumentaria a atividade física no horário escolar e os resultados de aprendizagem quando comparado com o grupo que não recebeu a intervenção.

Durante 8 semanas, o grupo de intervenção (n = 13) incorporou três atividades de 5 minutos em seu tempo de aula, enquanto o grupo controle (n = 12) não incorporou a atividade. A atividade física foi medida usando um acelerômetro* triaxial e a educação foi avaliada usando métodos padronizados.

Resultados

Após 8 semanas, as crianças pré-escolares do grupo de intervenção aumentaram seu tempo de atividade física de 11,6 ± 1,37 (DP) Unidades de Aceleração (UA) por hora para 16,1 ± 2,26 UA/hora (p <0,001). Já as crianças do grupo controle não aumentaram sua atividade física (11,4 ± 2,43 para 11,6 ± 2,44).

Os alunos do grupo de intervenção melhoraram seus resultados escolares mais do que os alunos do grupo controle (p = 0,001), especificamente no reconhecimento das letras (p = 0,001). Essas diferenças foram estatisticamente significantes.

Portanto, a incorporação de três momentos de atividade com duração de 5 minutos cada, foi associada a um aumento da atividade física e um melhor desempenho no aprendizado.

Com o resultado desse estudo, observa-se que é possível implementar uma abordagem de baixo custo, segura e escalável que promova mais atividade física e aprendizado em crianças pré-escolares.

* Acelerômetro = é um dispositivo usado para medir a aceleração própria de um sistema.

 

Anália R. Lopes

Graduada em Fisioterapia pela Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Pós-graduação Lato Sensu: UEL, UNIOESTE e UNIAMÉRICA

Especialista em Fisioterapia do Trabalho (certificada pela ABRAFIT)

Mestre em Ciências da Reabilitação (UEL)

Doutoranda em Saúde Pública (EERP-USP)

Professora Universitária

Experiência em Saúde do Trabalhador e Ergonomia

Perita Judicial em Ergonomia e DORT

Contato: analialopes80@gmail.com

 

Referência

McCrady-Spitzer, S. K.; et al. Low-Cost, Scalable Classroom-Based Approach to Promoting Physical Activity in Preschool Children. Journal of Childhood Obesity, v. 01, n. 02, 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *