O poder de sua consciência (Terapêutica Mental)

O Poder de sua Consciência

Este post apresenta uma das principais aulas do Programa Saúde de Dentro para Fora.

Tão importante quanto os tipos e subtipos metabólicos, a mentalidade pessoal é um fator fundamental na saúde. Todo o potencial de cura, de superação e de bem-estar tem relação direta com a mentalidade, padrão mental e crenças pessoais.

Mão dupla

Entretanto, é importante entender que o processo mente-corpo tem mão dupla. A mente influencia o corpo e o corpo influencia a mente. Nosso grande objetivo deve ser a integração da inteligência mental com a inteligência corporal.

Mente  influencia  corpo.
Corpo  influencia  mente.
Vale  integrar  inteligência  mental
com  inteligência  corporal.

 

Henry Ford demonstra bem essa ideia: “Se você pensa que pode, ou se pensa que não pode, você está certo nas duas opções”. A saúde depende bastante da imagem que a pessoa tem si mesma.

Crenças limitantes

As crenças, sejam elas limitantes ou potenciais, são decisivas na pessoa que se é e, também, na saúde que se tem. Talvez até mais do que o que você come, os exercícios que você faz, o ambiente onde mora, ou a comunidade com quem se convive.

Vamos citar uma interessante pesquisa para ilustrar esse ponto. O pesquisador Irving Kirsch reuniu um grupo de pessoas que faziam uso regular e efetivo de medicamento para depressão. Ele dividiu o grupo em dois e informou a todos que a partir daquele momento, de modo aleatório, metade do grupo continuaria com o medicamento e a outra metade estaria recebendo placebo.

O resultado foi que, embora não soubessem quem estava ou não estava tomando o medicamento, todas as pessoas de ambos os grupos perderam os benefícios clínicos do remédio e voltaram a manifestar os sintomas da depressão.

Teoria da expectativa de resposta

Assim, surgiu a teoria da expectativa de resposta que sugere que o que as pessoas experimentam depende do que elas esperam vivenciar. E, por isso, o efeito placebo e a hipnose (e auto-hipnose) funcionam tão bem. Então, se respostas subjetivas e fisiológicas podem ser alteradas conforme a expectativa, como podemos fazer para mudar a expectativa?

Teoria  da  expectativa  de  resposta:
As  pessoas  experimentam
o  que  esperam  vivenciar.

 

Tipos de atitudes mentais

Didaticamente, existem dois tipos de atitudes mentais.

 

Mentalidade fixa

A primeira, uma mentalidade fixa com visão determinista do mundo e de si mesmo. Essa pessoa tende a evitar desafios e desistir facilmente das coisas. Um dos maiores obstáculos para a conquista do bem-estar é o pensamento passivo, mágico de encontrar uma solução rápida. A pessoa tenta buscar fora o que está dentro dela mesma. Por exemplo, costuma acreditar que doença é questão de genética e má sorte. Para esse grupo, a solução é um médico e uma prescrição que será capaz de resolver seu problema. 

Mentalidade  fixa:  visão  determinista.
Doença  é  questão  de  genética  e  má  sorte.
Solução:  médico  e  prescrição.

 

Mentalidade de crescimento

A segunda mentalidade, ideal, é a de crescimento, na qual a inteligência assume desafios, persiste diante de obstáculos e se desenvolve com esforço. Aprende com críticas, encontra lições e inspiração no sucesso dos outros e sabe que o corpo é programado para ter saúde e bem-estar. Essa pessoa entende que a medicina pode ajudar muito, porém, saúde depende principalmente de si mesmo, do seu potencial de autocura. Como disse, essa classificação é apenas didática, pois na prática as pessoas se encontram em variados níveis entre a mentalidade fixa e a de crescimento.

Mentalidade  de  crescimento:  desafios
e  persistência.  Corpo  é  programado  para
ter  saúde  e  bem-estar.  Saúde  é  pessoal
e  depende  do  potencial  de  autocura.

 

Caminho da saúde

Em termos de saúde, a gente se encontra em um caminho cujo destino é apontado pelos problemas que temos. Dores e doenças são as verdadeiras lições, as janelas por onde entram a luz do conhecimento. Podemos dizer que saúde depende menos de onde você está do que para onde você está indo. Às vezes, saúde pode parecer a zona de conforto de uma pseudossaúde, enquanto outras vezes, uma doença pode levar a pessoa a um novo patamar de saúde.

Caminhos  são  apontados  pelos  problemas
pessoais.  Dores  e  doenças  são  lições.
Lembre-se:  saúde  pode  ser  zona  de  conforto;
doença  pode  ser  novo  patamar  de  saúde.

 

Solução da saúde

A solução dos problemas de saúde depende em primeiro lugar de tentar entender e aceitar sua própria condição. Pode resultar de anos de condicionamentos errados e até haver lesões definitivas em raias bem definidas.

Mensagem válida de reflexão é a de Francisco de Assis: precisamos ter força para mudar o que pode ser mudado, resignação para aceitar o que não pode ser mudado e sabedoria para distinguir uma coisa da outra. Dito isso, vamos ao que pode e deve ser feito quando se trata de autonomia em saúde.

Francisco de Assis:  Força  para  mudar
o  que  pode  ser  mudado;  Resignação  para
aceitar  o  que  não  pode  ser  alterado;
Sabedoria  para  distinguir  uma  coisa  da  outra.

 

Dietas não funcionam

Já vimos aqui no Blog que Dietas não Funcionam por que a pessoa não ouve as necessidades do corpo.

Também vimos que não podemos usar a força de vontade e controle contra a vontade do corpo. Além de qua não podemos trabalhar contra o corpo, mas junto com ele.

Para isso é fundamental aceitar e ouvir as mensagens do corpo.

Dietas  não  funcionam  quando  a  pessoa
não  ouve  as  necessidades  do  corpo.
Não  podemos  agir  contra  a  fisiologia.
É  fundamental  perceber  e  atender  o  corpo.

 

Paradigma Metabólico

É muito importante considerar aqui que todas as orientações do Paradigma Metabólico precisam passar pelo crivo do seu corpo. Na verdade, a única autoridade confiável em termos da sua saúde pessoal é seu próprio corpo. Seu corpo é sábio e pode te dizer o que precisa se você se permitir comunicar com ele. Vamos as dicas:

Seu  corpo  é  a  única  autoridade  confiável
na  saúde.  Ser  doente  é  desrespeitar
o  corpo  e  a  mente.  O  corpo  é  sábio  e  pode
te  dizer  o  que  precisa.  Basta  ouvi-lo!

 

Técnicas de autossuperação

  1. Praticar meditação pode ser muito útil. Não se identificar com pensamentos e emoções para poder avaliar e entender melhor sua saúde e a si mesmo.
  2. Prestar atenção ao que você come para que o corpo saiba claramente, e não de modo parcial, o que está recebendo. Comer mecânica ou impulsivamente impede o corpo de sentir, se adaptar e reagir ao alimento.
  3. Prestar atenção as respostas que oferece aos nutrientes recebidos.

1. Meditação. Não  se  identificar  com  pensamentos  e  emoções.  
2.  Prestar  atenção  ao  corpo e  ao  que  come.  
3.  Perceber  as  reações  e  atender  as  necessidades  pessoais.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *