Características do Sistema Nervoso Parassimpático

Olá, hoje vamos falar das principais características de quem tem o predomínio do sistema nervoso parassimpático.

Paradigma Metabólico

Recapitulando os posts anteriores, segundo o paradigma metabólico o sistema nervoso autônomo é a base para a classificação dos tipos metabólicos.

Conforme o Paradigma Metabólico, proposto por William Kelley, os 12 tipos metabólicos encontram-se organizados em três grupos. Grupo A: tipos 1, 4, 6, e 11 (metabolizadores com predomínio do simpático). Grupo B: tipos 2, 5, 7 e 12 (metabolizadores com predomínio do parassimpático). Grupo C: tipos 3, 8, 9 e 10 metabolizadores com equilíbrio simpático-parassimpático).

Predomínio do sistema nervoso parassimpático

Hoje vamos abordar o grupo B, que são os tipos metabólicos com domínio do sistema nervoso parassimpático e para quem uma dieta com maior percentual de gordura e proteína é mais indicada.

O parassimpático exerce suas funções através das glândulas hipófise, hipotálamo, parótida, sublingual (saliva) e suprarrenal (córtex); que atuam principalmente no estômago, no baço, no duodeno, pâncreas, fígado, intestino delgado, cólon, linfa e sistema imunológico.

As pessoas com predomínio do parassimpático tem a digestão muito boa. Não costumam passar por problemas de constipação, ao contrário, tendem a ter diarreia. Seu tônus muscular é pobre. Por vezes são letárgicos, lentos e dormem facilmente. Geralmente têm boa resistência.

Os metabolizadores com domínio do parassimpático podem digerir quase tudo (cerca de 90% dos alimentos ingeridos) e assimilar em torno de 80% do total digerido. No entanto, glândulas e órgãos responsáveis pela utilização desses nutrientes costumam ser fracos e deficientes. Por esses motivos, podem utilizar apenas 10% do que assimilam. Assim, é comum para metabolizador parassimpático acumular os nutrientes assimilados na forma de gordura. É muito difícil, recuperar os nutrientes armazenados. Assim, o problema de peso costuma ser o principal dilema para os componentes desse grupo.

Simpático = luta ou fuga
Parassimpático = digestão e relaxamento

Considerando-se que o parassimpático regula a digestão, as pessoas do grupo com predomínio do parassimpático tendem a digerir bem os alimentos.

Então, vejamos as características típicas dos metabolizadores parassimpáticos:

Sistema nervoso: Pessoas com ações relaxadas, calmas, firmes e positivas. Emocionalmente estáveis. Raramente ficam com raiva. Manifestam o desejo de serem cautelosas. Normalmente não sentem medo.

Sistema gastrointestinal: Muito boa digestão, com apetite acima do normal e excesso de saliva. Gostam de alimentos salgados, manteiga, carnes gordas, alimentos gordurosos e molhos cremosos. Preferem ovos e bacon no café da manhã. A energia dessas pessoas costuma aumentar depois de comer carne. Comer frutas os fazem sentir nervosos ou agitados. Perdem de energia depois de comer doces. Os intestinos roncam bastante, podendo ocorrer dores de fome. Evacuações são fáceis de começar, e podem ter mais de um movimento intestinal por dia. Comer antes de dormir os fazem sentir bem.

Sistema voluntário-motor: Lento para tomar decisões. É comum faltar energia, porém apresentam resistência acentuada. Difícil entrar no ritmo pela manhã. Complicado levantar e agir. Muitas vezes se sentem tristes ou abatidos. Apresentam dificuldade em reter a urina, assim urinam várias vezes ao dia. Não gostam de praticar exercícios.

Pressão, temperatura e respiração: Pressão e temperatura normalmente baixa. Tendência a respiração lenta e regular. Caixas torácicas amplas e arredondadas. Tosse profunda com frequência, podendo incluir muco.

Visão: Olhos parecem afundados com pupilas pequenas. Tensão ocular provoca dores de cabeça. Sobrancelhas finas e escassas. Pálpebras caídas, sem firmeza.

Cabelos e Pele: Cabelo e pele oleosos. Orelhas rosadas ou coradas. Tez corajosa, boa cor de rosto, porém enrubesce com facilidade. Gengivas apresentam tom rosa escuro ou azulada.

Sono e sonhos: Cai no sono rapidamente. Sonham com frequência, sonhos vívidos e coloridos. Tem facilidade para lembrar dos sonhos.

Propensões dos metabolizadores parassimpáticos

Para concluir, veremos algumas propensões ou possíveis problemas de saúde das pessoas que tem o predomínio do sistema nervoso parassimpático:

Desejo por alimentos ácidos (por exemplo limão, vinagre e tomate), alcoolismo (para elevar o açúcar no sangue), alcalose (fraqueza e câimbras), alergias, asma, inchaços, resfriados e gripes, herpes, cólicas, eczema, fadiga crônica, rinite alérgica, dores de cabeça e obesidade.

Para ler a lista completa de características, propensões e conhecer melhor o paradigma metabólico,

Assine nossa lista aqui para receber atualizações sobre o Programa Saúde de Dentro para Fora: Conheça seu tipo metabólico e saiba como suprir as necessidades nutricionais e suplementares.

Literatura consultada

GONZALEZ, Nicholas. Nutrition and the Autonomic Nervous System: The scientific foundations of the Gonzalez protocol. New York, USA: New Spring Press (Kindle Edition), 2017.

KELLEY, William Donald. Self Test for the Different Metabolic Types: and metabolic typing, the correct nutrition for your body. The original Metabolic Medicine´s Health Guide. Do-it-yourself book. Litchfield Park, Arizona, USA: College Heath Stores by Kettle Moraine Publishing, 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *