Bromatologia e Tabela TACO

Olá…

Hoje queremos te apresentar a Bromatologia e te oferecer uma Tabela a fim de te ajudar a compreender melhor o alimento, nutrientes e disponibilidades, além de um instrumento para te ajudar a avaliar as propriedades dos principais alimentos usados no Brasil para você consultar.

Bromatologia

Bromatologia é a ciência que estuda os alimentos, sua natureza, composição, qualidades e usos dietéticos; também pode ser definida como o discurso, estudo ou tratado sobre os alimentos. Existe relação direta entre alimento e saúde, por isso a análise dos alimentos é um dos princípios da nutrição.

 

A Bromatologia é uma mão na roda para quem quer melhorar a saúde, pois estuda os nutrientes alimentares, seus componentes funcionais, isso é o que é bom e o que precisa ser substituído em nossa dieta.

A Bromatologia objetiva conhecer a composição química, a identidade e pureza dos alimentos.

Como a Bromatologia se trata de uma área tão importante, ou seja, todos reconhecem a importância da nutrição, existem diferentes pontos de vista e, assim, muitas controvérsias científicas. Por um lado, encontramos dietas com base em plantas e muito carboidrato até dietas paleo (low carb ou baixo carboidrato). Por outro lado, outras dietas com muita gordura.

Na figura a seguir podemos ver três tipos principais que sintetizam as melhores dietas.  As colunas apontam as proporções de cada macronutriente. Vale observar as 9 dietas mais eficientes divididas em 3 tipos (De Souza et al., 2008):

 

1. Dietas de baixo carboidrato: dieta cetogênica, dieta Atkins e dieta de baixo carboidrato.

2. Dietas de carboidrato moderado: dieta paleo, dieta mediterrânea e dieta da zona.

3. Dietas de alto carboidrato: dieta comum (do povo estadunidense), dieta vegetariana e dieta vegana (Ornish).

Isso confirma que não existe uma dieta perfeita que funcione para todas as pessoas. Assim, é muito importante ficar claro para todos, pois muitas vezes as necessidades de uma pessoa é diferente de outra na mesma família.

Inicialmente todos devemos priorizar alimentos frescos e naturais, preferencialmente de boa procedência. Evite alimentos processados e com rótulos. Coma muitos vegetais, elimine o açúcar, faça uso de gorduras não processadas como azeite, manteiga e óleo de coco. Se você tem alguma condição crônica ou doença autoimune, faça um teste tirando glúten e lactose de sua dieta durante duas semanas e veja se faz diferença para você.

 

Tabela TACO

Para te ajudar a conhecer os componentes dos alimentos queremos te apresentar a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos, a Tabela TACO, um projeto da Unicamp e do Ministério da Saúde, que já se encontra na quarta edição, de 2011, e que disponibiliza a composição nutricional de 597 dos principais alimentos, naturais, processados e preparados que são utilizados no Brasil.

Tabela TACO (4ª Edição, 2011)
Composição nutricional
597 alimentos brasileiros
naturais, processados e até preparados

A tabela TACO serve de base para a prescrição de dietas e para a formação dos rótulos de produtos alimentícios.

A tabela TACO foi organizada em 15 grupos alimentares, incluindo cereais, verduras, hortaliças, frutas, leguminosas, nozes e sementes, leite, ovos, pescados e frutos do mar, gorduras e óleos, além de bebidas, alimentos industrializados e até alimentos preparados.

TACO inclui 3 tabelas.

A primeira tabela contém todos os 597 itens com a composição de 100 gramas de cada alimento relacionando umidade, calorias, proteína, gordura, carboidrato, fibra alimentar, minerais e vitaminas.

A segunda tabela, inclui grande parte dos 597 e apresenta os ácidos graxos: que são as gorduras saturadas, monoinsaturadas, poli-insaturados, bem como as quantidades conforme as diferentes estruturas moleculares de cada gordura.

A terceira tabela tem foco nas proteínas e inclui as quantidades de 18 dos 20 principais aminoácidos de um pequeno conjunto dos 597 alimentos.

Aqui está o link de download da Tabela TACO para quem quiser estudar as características dos 597 principais alimentos utilizados no Brasil.

É isso aí pessoal, continue acompanhando nosso conteúdo, pela atenção muito grato e até o próximo texto!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *